Grupos de ajuda para portadores de DII

Tempo de leitura: 1 minuto

Já fiz posts sobre a importância dos exercícios e sobre bem estar emocional, mas uma coisa muito importante para todos os portadores de DII – e outras doenças crônicas – são os amigos. Estes têm um papel muito importante no emocional dos pacientes. Mas, além dos amigos da escola, do trabalho, do bairro e da vida, existem outros amigos que não devem ser desprezados: os outros portadores de DI

Com a internet e as redes sociais, o acesso à informação ficou muito mais fácil. O lado ruim da história é que facilitou o acesso à informação falsa e muitos pacientes podem entrar em depressão ao lerem coisas absurdas sobre a doença. Sim, aconteceu comigo e pode acontecer com você.

É muito importante encontrar um grupo de ajuda para conhecer outros casos da doença, motivar-se com as histórias de outros pacientes e ajudar com a sua própria história. A ABCD – Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn – possui grupos de ajuda em todo o Brasil. Você pode clicar aqui e localizar o mais próximo.

No facebook existem alguns grupos sobre Crohn e Colite Ulcerativa e um dos mais sérios que eu conheço é o “Doenças Inflamatórias Intestinais – DII“. Lá você encontrará vários tópicos de ajuda e várias pessoas prontas a ajudar. Faça parte você também!

Avalie!
  • Adorei o blog! Você ja frequentou esses grupos de ajuda?

    • Oi Luma. Na verdade eu frequento o grupo do facebook, mas pretendo participar dos grupos de ajuda presenciais em breve.

  • Oh, Thiago… Não tinha visto essa postagem específica ainda. Que honra descobrir seu carinho pelo grupo!
    Queira Deus que em breve possamos nos organizar no Rio de Janeiro também!

  • Doenças Inflamatórias Intestin

    Thiago, não tínhamos visto esse post. Imagine só o quão felizes ficamos!

  • Rosana Baptista

    Minha irmã foi diagnosticada com esta enfermidade Doença de Crohn.
    Hoje recebi a notícia de que a crise chegou as farmácias do governo e a medicação que ela toma *Azatioprima já tem mais de um mês que não recebe.É lamentável!!! que as pessoas que precisam de remédios para sobreviverem não consegue.

    Att,
    Rosana Baptista