outubro 2013

O óleo de coco e a doença de Crohn

O óleo de coco e a doença de Crohn

2 minutos Em minha última consulta com a nutricionista ela me receitou uma suplementação a base de triglicerídeos de cadeia média – presentes no óleo de coco – duas vezes ao dia (antes do almoço e antes do jantar). Comecei com uma dose diária de 2000mg/dia e depois aumentei para 4000mg/dia (4 cápsulas). Sinceramente, senti uma diferença para melhor no meu estado gastrointestinal geral, então pesquisei mais sobre o assunto. As propriedades antiinflamatórias e antimicrobianas do óleo de coco fazem dele um ótimo aliado no tratamento da doença Continue lendo

Avalie!
A cannabis (maconha) e a doença de Crohn

A cannabis (maconha) e a doença de Crohn

1 minuto Nas minhas pesquisas sobre a doença de Crohn, encontrei no site Diário da Erva uma notícia datada de 21-dez-2011 que o consumo de cannabis (maconha) estaria associada a uma redução na atividade da doença, segundo um estudo publicado no The Israel Medical Journal. Fui pesquisar na fonte e, de fato, o estudo existe e pode ser lido aqui. Avalie!

Avalie!